Temperando a carne

Então, continuando nossas matérias de introdução ao rpg Indie, escrevoagora sobre o high concept
lubia_by_bib0un

São sistemas e ambientações que se concentram em propor algo novo, inesperado, bem temperado para gostos raros.

Se ainda não acompanharam os anteriores leiam os outros 2: Destrinchando o demônio e Limpando a carne.

A idéia de rpg indie vem exatamente de se fazer algo novo que satisfaça seu gosto. Muitas vezes o gosto do rpg diferente vem exatamente do exagero da esquisitice, ou seja, muitas vezes na tentativa de tentar algo novo os rpgistas vão logo no mais bizarro e se deliciam com o exótico.

O high concept, termo americano para esse efeito, é um dos tipos de rpgs indies mais jogados, perdendo apenas para o simples, por que essas são as duas coisas mais procuradas pelas pessoas que fogem do mainstream: simplicidade e novidade.

Mais o que é o high concept?

red_riding_hood_redo_by_naomifulO high concept é a mistura de conceitos criando um conceito rico em simbolismos e elementos, muito complicado? exemplo: chapeuzinho vermelho encontra V de vingança. O que nos leva à base do HC, ele deve ser imaginável e em geral composto de conceitos que fazem referencia. Assim você junta dois ou mais elementos para poder explicar do que se trata o jogo.

Um exemplo real de como se fazer isso: o criador de Eberron, Keith Baker, o descreveu como caçadores da arca perdida encontra o falcão maltes e o nome da rosa. Uma única diferença é que Eberron não é Indie nem High concept. Por que?

Que bom que perguntaram, vamos aproveitar pra aprender o que é indie e high concept…. Eberron não é indie por que não foi feito com essa mentalidade indie, nem por uma empresa e com um projeto indie, e não é high concept por que a proposta do autor era exatamente juntar tudo o que era possivel no mesmo mundo, exatamente o oposto de HC.

Então a idéia é propor algo bem específico para que o prazer do conceito seja maximizado, Sin city não seria o mesmo se fosse colorido, assim as vezes tirar coisas (outra forma de se definir conceitos) acrescenta a força do cenário.

coverAté por serem de paladar mais forte esses rpgs em geral são feitos para serem jogados por pouco tempo, e muitos envolvem uma dinâmica de fim de jogo por isso. Aqui vão alguns exemplos:

Spirit of the century, nem vou tentar descrever essa obra prima do rpg indie, pesquise e descubra o máximo que puder. O que irei dizer é, um cenário pulp de virada do século passado com atributos definidos por conceitos e não por números.

perf6.000x9.000.indd

Outros exemplos são:

A penny for my thoughts é um rpg de amnésia onde os jogadores são pacientes de uma intituição e estão fazendo terapia para lembrar…

t_16280_01

Primetime Adventures é um rpg de seriado, onde os jogadores fazem personagens de seriados e interpretam uma série de tv.

Dentre muitos outros. one_piece_collab_by_athena_chan

Como podem perceber o conceito de HC é relativo, como ele depende da idéia de estranho então ele vai depender do que é realmente estranho, tanto para uma cultura quanto para um grupo específico. Nesse sentido o rpg HC é muitas vezes feito em um grupo as pressas, quando alguém sugere que seja jogado um rpg de forma diferenciada, com outra ambientação e outra proposta.

A idéia é exatamente fugir do básico e tentar algo novo e exótico, como jogar uma aventura com deep gnomes, ou svirfneblins, ou jogar com lacaios de sangue dos ventrue antitribu.

O que o rpg HC contribui para o futuro do rpg?

Fora a dinâmica de endgame que já foi citada no indie-simples, o HC traz a idéia que uma ambientação sem muitas definições não colam mais, que as pessoas precisam de mais sabor e de mais detalhes, elas precisam de mais imagens sendo evocadas em sua mente quando pensam em um rpg, como era no primeiro vampiro, quando todos tinham várias imagens mentais para cada clã. Ou seja, Gurps se extiguirá com o tempo se as ambientações não forem seu foco, ninguem quer mais sistema, ou ambientação pura e simples, as pessoas precisam de uma ambientação que combine com um sistema e que traga um conceito novo e várias idéias.

4 Comments

  1. A fantasia feijão-com-arroz de cada dia enjoa. É mais que natural buscar outros gostos – apesar de meio bizarros. Eu to querendo mestrar já há algum tempo uma aventura que retrataria uma rebelião e fuga numa penitenciária de segurança máxima nos anos 20, ou então criar uma campanha na segunda guerra mundial. Seria legal conhecer mais sobre esse gosto exótico das pessoas.

  2. É bacana está idéia de ” jogos estranhos ” , para falar a verdade,assim como o Havoc, tenho vontade de jogar em um cenário Pós-Apocalíptico, dominado por vampiros, bem ao estilo CyberPunk. Contudo, os Pj’s poderiam ser apenas humanos, lutando contra a impiedade e fome vampiresca, além de sobreviver contra o restante da humanidade que deseja sobreviver de todas as maneiras possíveis.

    Sinceramente, já obtive cada idéias sobre estilos de jogos que alguns muito provavelmente seriam considerados píadas infâmes. =]

    Abrçs e Bons Jogos.

1 Trackback / Pingback

  1. Cozinhando o bicho | Red Ninja Press

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*