Cantina de Mos Eisley (ou Por que sempre na taverna?)

mos-eisley-bookendsPara quem vive debaixo de uma pedra, vou explicar o que é a Cantina de Mos Eisley: é um bar que aparece no primeiro episódio de Star Wars onde o Luke(personagem principal) encontra um “piloto” (Han) com uma “nave boa” (Millenium Falcon) e seu ajudante (Chewbacca). Lá ele entra numa encrenca e é salvo por seu novo mestre que decepa o braço do atacante com o primeiro e mais significativo corte de lightsaber.(musiquinha de fundo pra dar um clima)

Por que falar sobre Mos Eisley? Bom, por que aparentemente a coisa toda esquenta por ali e os dois polos da série se encontram, o empolgado e o caloteiro. Mas se pararmos para pensar muitas vezes nós começamos as aventuras em tavernas, será uma coincidência?

Se você leu até aqui ja deve suspeitar que não é coincidência.

O bar, ou cantina, taverna e clube noturno no caso de vampiro, não é um local normal de permanência, mesmo assim todos se encontram lá. A não ser que você seja dono do bar muitas vezes você não vai passar mais de algumas horas lá, seria muito mais fácil de ser encontrado em sua casa ou trabalho, mesmo assim os encontros se dão em geral lá. Aqui estou falando de encontros em aventuras mas vocês podem estrapolar se quiserem e usar isso na sua psicologia de boteco (sem trocadilho).

Isso acontece por que alguns lugares tem funções sociais, papéis que cumprem dentro de uma sociedade para satisfazer necessidades sociais. O que seriam necessidades sociais? Nós somos seres sociais (prometo que a teoria não vai ser longa demais) e por consequência dessa convivência “obrigatória” temos necessidades extras que não teriamos se fossemos solitários. Essas necessidades seriam: segurança, disciplina e ritualização.

SEGURANÇA2661595

Por estarmos sempre em volta de um monte de gente, nós corremos risco se ninguém cuidar de nós. Isso aparece na necessidade de existirem instancias controladoras de comportamentos bizarros, assim sempre esperamos que alguma autoridade vá aparecer quando coisas estranhas começam a acontecer. Vide a necessidade de existirem sempre milicias e policias, não só para fazerem a segurança, mas para passarem a sensação de segurança.

discipline

DISCIPLINA

Da mesma forma que a segurança, temos uma crença de que é necessario que exista uma padronização dos comportamentos e das crenças, para que as pessoas se tornem mais previsíveis e menos ameaçadoras. Vide a necessidade de escolas e clubes e guildas, assim podemos sempre esperar que aquele mago de 1º nível fará no máximo um magic missile, ou que aquele ventrue não vai ter um terceiro olho na testa (alguns mestres não gostam muito de oferecer disciplina para os jogadores…).

e finalmente RITUALIZAÇÃO

Encontros acontecem a todo momento numa sociedade, mas alguns deles onde-e-este-bar_2267envolvem questões sérias como intimidade, vulnerabilidade e compromisso, assim como outros. Dessa forma, como um braço da disciplina, alguns encontros são ritualizados, como o encontro de um homem com sua masculinidade no ritual de passagem, ou da união estável de um homem com uma mulher num casamento. A nossa ritualização em questão é a da ritualização do encontro com peculiaridades.

O que raios é isso?

Bom, você não pode berrar no meio da rua, mas pode berrar numa mesa de truco, nem pode andar pelado por aí, mas pode andar pelado num quarto de motel ou numa praia nudista. Assim alguns “rituais” existem para permitir que as pessoas mostrem facetas de sua personalidade que não podem aparecer sempre, e que possam observar as mesmas facetas bizarras dos outros. No mesmo exemplo, se uma pessoa começa a te olhar no meio da rua, existe um certo limite de tempo onde isso é normal e de quanto você pode olhar de volta, antes de se tornar desconfortável, num bar esse limite é bem maior.

Assim o bar serve para ser estranho e encontrar estranhos.

Nas nossas aventuras precisamos de vários personagens diferentes para formar um grupo coeso, principalmente agora no quarta edição onde o principio wow de formar grupos foi transferido para o papel. Assim um clérigo não vai encontrar um lutador na sua igreja, nem na sua casa, ele tem duas opções, ou ele busca o recanto específico de lutadores, ginásios e afins, ou ele busca um lugar de encontro social, logo o bar!

Mas poderia ser qualquer outro lugar de encontro social?

Talvez! Depende do estilo do grupo alguns lugares poderiam servir de intersecção de seus conjuntos comportamentais, mas em geral o bar é a melhor pedida por que está próximo do limite de liberdade possível antes da entrada das instituições de segurança, o que eu quero dizer? Bom: num estádio você pode não ter tantas liberdades, e numa casa de suingue a coisa beira o criminoso assim qualquer descuido cria uma situação de no mínimo chantagem, como ver o prefeito fazendo coisas que…. bem, vocês entenderam.

Fora isso uma coisa importante também é a vontade de dar porrada! Como eu disse antes muitas pessoas entram em aventuras cheias de vontade de dar porrada, e nada melhor que um bar, lugar de mais liberdade que é até conhecido por ter algumas porradas ocasionais.

Muito tenso ou deu pra pegar?

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*